Guia definitivo: tudo que você precisa saber para preparar seu chá de forma correta

Guia definitivo: tudo que você precisa saber para preparar seu chá de forma correta

Seja para acalmar uma dor, para se esquentar, para embalar uma leitura ou para acompanhar uma conversa, o chá é uma bebida que faz parte do dia a dia de muita gente. Presente nas gerações mais tradicionais, a bebida carrega muitos mitos e histórias que a fazem continuar sendo uma preferência para muitas pessoas.

Parte da cultura de muitos povos, o chá ganha muitas variedades ao redor do mundo, respeitando as particularidades de cada país e ganhando versões conforme o local onde é consumido. Mas, algumas etapas podem ser essenciais para garantir que a bebida tenha o máximo de sabor e mantenha suas propriedades.

E aí, você tem dúvidas sobre como preparar seu chá de forma correta? Sabe qual a temperatura ideal e como seguir os passos de cada preparo conforme o tipo de chá? Neste texto, você encontrará um guia definitivo para sanar todas as suas dúvidas sobre como preparar um chá delicioso!

Modos de preparo: cocção, infusão ou a frio?

Sim, isso mesmo que você leu! Um chá pode ser preparado essencialmente de três maneiras diferentes chamadas de cocção, infusão ou a frio. Cada uma delas possui um passo a passo diferente, e, é claro, uma finalidade também. 

O chá por cocção é feito com a ebulição da água e, então, mergulha-se o chá escolhido no líquido quente e aguarda-se aproximadamente 5 minutos. Após, desliga-se o fogo, coa-se o chá e está  pronto para beber. 

O chá por infusão segue a mesma linha de preparo do chá por cocção. A diferença é que, após a água entrar em ebulição, você deve desligá-la, despejar o chá escolhido e, então, tampar a mistura por cerca de 5 minutos. Depois, é só coar e beber.

Por fim, o chá a frio, menos comum no dia a dia da maior parte das pessoas, consiste em moer as plantas em um pouco de água para, depois, ser coado e ingerido. Aí, é só beber. Vale lembrar que é um processo indicado para plantas que não devem ser cozidas. 

Aqui, vamos nos ater ao processo de infusão, que é mais comum na nossa cultura de beber chá.

Temperatura e tempo de infusão

No processo de infusão de chá, é super importante estar atento à temperatura da água e ao tempo de ebulição para garantir o sabor e a manutenção das propriedades, respeitando a essência da planta ou erva escolhida. Apesar de não ter uma temperatura exata, quando a água começa a esquentar e formar as primeiras bolinhas de ar, entende-se que é o momento exato para desligar a água e fazer a infusão do seu chá. 

Após inserido o chá na água, cerca de 5 minutos são o suficiente para que o processo de infusão seja finalizado. É importante que, ao terminar esse tempo, você coe a mistura para que o chá não fique amargo. Também vale lembrar que você deve ingerir a bebida quando ela está morna, já que isso evita que o ar destrua os componentes ativos.

Quanto ao recipiente de preparo do chá, recomenda-se que sejam utilizados utensílios em inox ou vidro, os quais não interferem nas propriedades da bebida. Deve-se evitar materiais em plástico ou alumínio. 

Outro item muito importante é o uso de micro-ondas no preparo do chá: em estudos feitos, percebeu-se que ele esquenta prioritariamente o líquido em seu topo, deixando o que está embaixo em temperatura diferente e isso pode interferir na qualidade da bebida. Dessa forma, recomenda-se que a água seja esquentada no tradicional fogão, o qual mantém uma uniformidade da temperatura do líquido.

Chá em saquinho, a granel, em folhas, flores ou frutas: quais as diferenças?

Além da infinidade de sabores de chás que podemos encontrar, há também a possibilidade de escolher entre diversas formas de oferta dos produtos. Os famosos chás em saquinhos geralmente mantêm as propriedades da erva e são bastante práticos em seu preparo, já que vêm na quantidade exata para uma pessoa (e, inclusive, podem ser reaproveitados).

Os chás a granel, ou in natura, são vendidos geralmente em lojas de produtos naturais e não estão acondicionados em embalagens. Podem ser encontrados flores e folhas nesse formato. Eles vêm em quantidades maiores e duram mais tempo. É claro que, neste caso, é importante estar atento para a forma de conservação desse chá na sua casa no sentido de preservar suas propriedades. Em seu preparo, eles devem ser coados, após a infusão, para serem consumidos. 

Os chás de frutas levam pedaços da fruta em seu preparo e podem ser misturados com outros sabores também.

E aí, anotou tudo para fazer um chazinho super delicioso? Lembre-se que você pode beber seu chá ao longo do dia, já que ele é uma ótima companhia para o trabalho e para os estudos. E se você ainda está em dúvidas sobre inserir o chá no seu dia a dia, a gente compartilha com você 6 motivos para tomar chá.

Quer ficar ligado e receber nossas dicas e informações sobre o mundo dos ingredientes naturais e produtos saudáveis? Então, assine nossa newsletter e receba tudo em primeira mão no seu e-mail!

Alguns dos gifs deste post foram retiradas do Giphy, caso um seja de sua autoria, entre em contato conosco para darmos os devidos créditos ou retirarmos da publicação. 

Comentários

Este site usa cookies para melhorar e personalizar sua experiência com nossos conteúdos e anúncios. Ao navegar pelo site, você autoriza a Vemat a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Cookies.