A partir de qual idade crianças e bebês podem tomar chá?

A partir de qual idade crianças e bebês podem tomar chá?

Os chás são usados há séculos para tratar diversas enfermidades. Tanto os índios quanto os africanos nos passaram essa cultura. As plantas guardam inúmeros benefícios para a saúde tanto de adulto quanto de crianças. Porém, quando o bebê está sentindo dor, muitos pais ficam tentados em dar um pouco de chá.

Afinal de contas, estamos falando de algo que é totalmente natural e que, supostamente, não fará mal algum à criança. Mas não é bem assim, Para dar chá é preciso que o bebê já tenha uma determinada idade. Por exemplo, antes dos 6 meses a recomendação é apenas leite materno, qualquer outro líquido deve ser prescrito pelo médico.

Vamos saber agora um pouco mais sobre esse assunto e descobrir qual idade crianças e bebês podem tomar chá!

Como saber se posso dar chá para meu filho?

O primeiro ponto importante que é necessário saber é que nem todos os chás podem ser dados para crianças e bebês em qualquer idade. Novamente, é importante frisar a importância de dar apenas o leite materno nos primeiros 6 meses de vida. Nem mesmo água é necessário já que o leite da mãe tem todos os nutrientes necessários.

Após esse período, alguns tipos de chás podem entrar na dieta do bebê (o aleitamento materno continua): camomila, hortelã, erva-cidreira e erva-doce podem ser oferecidos sem qualquer contraindicação.

Chás com cafeína como o mate e o chá preto devem ser mantidos bem longe. Além de deixar o bebê mais irritado e atrapalhar no sono, a substância atrapalha a absorção de minerais importantes como ferro e zinco.

Posso tomar chá enquanto amamento?

As mães que ainda estão amamentando acabam passando os princípios ativos do chá por meio do leite para os filhos. Por isso, elas também precisam tomar cuidado quanto aos tipos de chás que ingerem.

Além disso, alguns tipos de chás podem inibir a produção de leite: sálvia, salsinha, erva-cidreira estão na lista. Outros tipos de chás podem passar por meio do leite:

 

  • ginseng;
  • alcaçuz;
  • carqueja;
  • angélica.

 

Chás que apresentam efeitos termogênicos como o de gengibre, o de canela e o chá verde devem ser evitados. As mães lactantes e as crianças não devem consumir esse tipo de chá, pois eles contém substâncias que aceleram o metabolismo, aumentando a pressão arterial.

Posso adoçar o chá?

Essa é outra dúvida bastante comum na hora de dar a bebida para o pequeno. O melhor é que crianças e bebês sempre tomem chás sem açúcar para que se acostumem dessa maneira. Mesmo com mel, é preciso tomar cuidado, pois esse adoçante natural só pode ser utilizado a partir de 1 ano da criança.

Evite dar o chá perto das refeições principais para não tirar a fome e alguns podem ser adicionados à rotina do bebê. Por exemplo, perto de ir dormir, oferecer chás como o de camomila, que acalma, pode ajudar o seu filho a ter um sono mais tranquilo.

Sabendo usar da maneira correta e com a informação certa, os chás podem trazer inúmeros benefícios e ajudar com problemas como cólicas, dor de barriga e outros que as crianças costumam ter. Se for ao pediatra, é importante informar ao profissional quais chás o pequeno está consumindo.

Quer receber mais dicas como esta? Então, assine a nossa newsletter!

Comentários

Este site usa cookies para melhorar e personalizar sua experiência com nossos conteúdos e anúncios. Ao navegar pelo site, você autoriza a Vemat a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Cookies.