Desenvolvimento de Produtos Alimentícios: tive uma ideia e agora?

Desenvolvimento de Produtos Alimentícios: tive uma ideia e agora?

Criar seu próprio negócio e trabalhar para si mesmo é uma iniciativa que vem se tornando cada vez mais desejada. 

 

Devido à transformação do comportamento de consumo das pessoas com a busca por alimentos saudáveis e naturais, o setor alimentício apresenta-se como uma excelente opção de investimento

 

Se você já entendeu esse panorama e teve uma ideia, mas não sabe por onde começar, esse conteúdo vai solucionar suas principais dúvidas sobre o assunto

 

Afinal, o desenvolvimento de produtos alimentícios pode ser seu grande passo de sucesso!

Como é feito o desenvolvimento de um produto alimentício?

Como é feito o desenvolvimento de um produto alimentício?

Antes de colocar a mão na massa, é importante conhecer como acontece o processo de desenvolvimento de um produto

 

Isso permite que você saiba quais passos deve seguir, o que precisa antecipar, quais parceiros é essencial buscar, entre outros fatores. 

 

Vale salientar que produto alimentício não é a mesma coisa que alimento. Alimento é aquele que não passa por nenhum processo que o modifique para consumo. Neste caso, sua validade é mais curta.

 

Já o produto alimentício, por sua vez, se refere ao alimento ou matéria-prima de consumo que passou por alguma interferência. Aqui, esse processo visa, em geral, aumentar seu tempo de vida. 

 

Afinal, quais as etapas de desenvolvimento de um produto?

 

Em resumo, pode-se dizer que envolve os seguintes passos: estudo de mercado, delimitação de segmento, estudo de viabilidade, definição de fornecedores e parceiros e comercialização

 

Em seguida, vamos falar sobre cada uma dessas etapas!

 

Estudo de mercado e definição de segmento de atuação

 

Estudo de mercado e definição de segmento de atuação para desenvolvimento de produtos alimentícios

Se você está começando a empreender e acredita que essas etapas são somente para quem tem uma grande empresa, vale a pena rever seus conceitos. 

 

Qualquer iniciativa de desenvolvimento de produto alimentício, contando (ou não) com um setor exclusivo de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D), deve estudar seu mercado, entender as tendências, o comportamento e as preferências do público para tornar seu negócio mais assertivo.

 

Principalmente para o setor alimentício, esse passo tem grande importância, já que o produto terá sucesso se o público aderir a ele e passar a consumi-lo.

 

A definição da segmentação também contribui para essas decisões; afinal, é importante lembrar que quanto mais você conhecer seu público, melhor poderá definir sua linha de comunicação e, portanto, melhores serão os resultados.

 

Definir, conhecer e aprofundar seu segmento de atuação possibilita que você venda para quem quer realmente comprar com você, que se identifica com seu produto e, portanto, diminui seu investimento de tempo e dinheiro na hora de prospectar clientes. 

 

Estudo de viabilidade

Estudo de viabilidade para desenvolvimento de produtos alimentícios

A partir das informações sobre o mercado de produtos alimentícios e a definição do segmento de atuação, passa-se para o estudo de viabilidade

 

Dentro das definições feitas, o produto alimentício proposto é viável? Existe uma aceitação por parte do público? Qual a relação entre oferta e demanda

 

Porque desenvolver novos produtos alimentícios?

 

Vale ressaltar que quando falamos em produtos alimentícios, o mercado, felizmente, está em constante expansão e, por isso, há bastante espaço para explorar.

Definição de fornecedores e parceiros

Desenvolver um produto alimentício requer uma indústria e investimentos altos? Errado! 

 

Em um mundo conectado e tecnológico, é muito mais fácil encontrar empresas que consolidam parcerias para produção

 

Aqui na Vemat, por exemplo, nós temos toda estrutura para fabricação de chás e embalagens, os quais podem ser personalizados com a sua marca. É toda a qualidade e procedência de uma empresa de mais de 40 anos à disposição da sua marca própria

 

Além, é claro, de toda validação junto aos órgãos competentes, que é super importante quando se trata de desenvolvimento de produtos alimentícios.

 

Comercialização

Etapa de comercialização no desenvolvimento de produtos alimentícios

Se você chegou até aqui, parabéns! Sua iniciativa de empreender está pronta para o mercado!

 

A comercialização é a etapa de desenvolvimento de produtos alimentícios que reúne todo conhecimento adquirido nos passos anteriores para que você possa utilizar nas suas estratégias de marketing e vendas. 

 

Munido de todas essas informações, você saberá identificar qual o valor agregado da sua marca própria, quais canais serão melhores para utilizar, como se relacionar com seu público e, é claro, como potencializar seus resultados financeiros e de marca. 

 

O importante é que você saiba que sua ideia pode ser viável sim; basta ter um planejamento e estar aberto às possibilidades que o desenvolvimento de um produto alimentício pode trazer. 

 

Se você quer tirar sua ideia do papel, lembre-se de assinar nossa newsletter para receber conteúdos que vão te ajudar nesse processo de desenvolvimento!

Comentários

Este site usa cookies para melhorar e personalizar sua experiência com nossos conteúdos e anúncios. Ao navegar pelo site, você autoriza a Vemat a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Cookies.