Minha linha de chás terceirizados chegou, qual o próximo passo?

Minha linha de chás terceirizados chegou, qual o próximo passo?

Você teve uma ideia brilhante, terceirizou a produção (fez private label) da sua primeira linha de chás e acabou de receber a primeira remessa de produtos prontinhos e embalados, e agora, qual o próximo passo? Bom, o caminho agora é arregaçar as mangas e planejar uma estratégia de vendas matadora para tornar seu produto conhecido e amado pelos clientes. 

O que exige muito esforço, mas também apresenta uma janela de oportunidade, segundo pesquisa realizada pelo SEBRAE em 2019, o chá é a segunda bebida mais consumida do mundo, perdendo apenas para a água, e seu mercado cresce cerca de 12,3% ao ano no Brasil. 

Outro bom ponto de partida é o apontamento da Fundação Getúlio Vargas (FGV), ao afirmar que 68% das pessoas desistem de uma compra por causa de um mau atendimento.

Sabendo desse potencial de mercado e da expectativa dos seus consumidores, é hora de entrar em ação e transformar sua primeira linha de chás no desejo de consumo de muitas outras pessoas.

Vamos lá?

1. Tenha um plano de vendas e distribuição

Onde sua nova linha de chás vai ser vendida? No mercado? Na internet? No Instagram? Tudo depende de onde está o seu público e da sua habilidade de trabalhar dentro dessas plataformas. Quanto mais lugares sua marca estiver, mais ela vai ser vista, porém cada um desses espaços também demanda planejamento, cuidado, ações continuadas de vendas, acompanhar e medir os resultados e assim por diante. 

Quando desenvolveu seu chá, você certamente pesquisou sobre o seu público, onde ele está, que lugares frequenta e que tipo de mídia consome, agora é hora de usar essas informações para criar um plano de distribuição dos seus produtos que seja eficiente e capaz de gerar um grande número de vendas. 

Quando uma empresa está iniciando no mercado, entretanto, nada ainda é certo e todos esses potenciais mercados precisam ser testados para termos certeza de que funcionam. Por isso, é fundamental que desde o começo você tenha um sistema para medir o que está ou não dando resultados. 

2. Invista em uma presença online

As pessoas comprarem de quem se relaciona com elas e a presença digital é uma ótima forma de escalar sua rede de network e se conectar com pessoas nos mais diversos cantos do mundo. 

Para fazer isso, tenha claro os valores que a sua marca tem para oferecer e transforme-os em conteúdo, em pautas com que as outras pessoas consigam se relacionar. Encaixe sua nova linha de chás em um propósito maior, mostre às pessoas o que aquele chá pode fazer por elas e pelo mundo. 

Dessa forma, você será capaz de vender seu valor bem antes de precisar debater o preço do seu produto. 

Neste momento também é importante pensar que plataformas de mídias digitais (como Facebook, Instagram, TikTok) são cíclicas, elas podem ir e vir, mas a sua marca, ela deve ser perene e não depender apenas de uma dessas plataforma para se comunicar.

Esteja nos canais que seu público está, mas também tenha um canal próprio, seu site, e use ele como referência para todo o resto da sua comunicação digital. 

venda de chas online

3. Forneça amostras e faça degustações

Por padrão, nós seres humanos sempre vamos procurar o comodismo e evitar o novo, nossa tendência é seguir a mesma rota, falar com as mesmas pessoas, fazer as mesmas coisas e é claro, escolher os mesmos produtos. 

Para quebrar esse ciclo, é preciso criar nas pessoas o desejo pelo novo ou então, oferecer uma vantagem ao fazê-lo. Degustações em mercados e lojas parceiras, banquinhas nas feiras locais e até mesmo workshops sobre como armonizar seu chá com outras bebidas são ótimas opções para fazer isso acontecer no mundo físico. 

Quando passamos para o digital, essa experiência pode ser oferecida aos digital influencers que são referência para o seu público, envie seu produto para eles e os convide a viver essa experiência. É claro, é preciso ser diligente na escolha dessas pessoas, entender se seus perfis têm relevância, se elas se conectam com sua marca e produto e se elas realmente possuem um efeito positivo nos consumidores que você quer atingir. 

4. Entregue uma experiência incrível

Além da venda em si, pense no que mais você pode entregar ao seu consumidor para tornar essas experiência melhor? Pode ser algo físico ou não. 

Por exemplo, se você vende através de uma loja online, pode enviar um postal, uma xícara ou algum outro brinde surpresa junto com a compra. Cartas personalizadas, escritas a mão, também têm um efeito bem legal em quem recebe. 

Mas não precisam ser coisas físicas, você pode enviar um eBook com receitas de deliciosos drinks com seu chá no WhatsApp ou email do cliente que já recebeu ou está para receber sua compra. 

Prestar atenção aos pedidos de ajuda/suporte e aos clientes recorrentes também são boas formas de encontrar situações onde você pode criar experiências memoráveis para seus clientes. 

Agora que você já sabe quais estratégias de venda usar para lançar seu produto no mercado de chás, tudo que nos resta é desejar sucesso e muitos negócios fechados para sua nova empresa. 

A Vemat tem um carinho muito grande pelas empresas que confiam no seu trabalho de terceirização (private label) e fica ainda mais entusiasmada quando vê essas empresas prosperando. 

Se você quiser conhecer mais sobre como funciona esse trabalho, fale com nossos consultores.

Comentários

Este site usa cookies para melhorar e personalizar sua experiência com nossos conteúdos e anúncios. Ao navegar pelo site, você autoriza a Vemat a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Cookies.