Spray Drying: como essa técnica pode ajudar no desenvolvimento de ingredientes naturais

Spray Drying: como essa técnica pode ajudar no desenvolvimento de ingredientes naturais

O uso de produtos e ingredientes naturais aumenta progressivamente, afinal, muitas pessoas e empresas buscam alternativas saudáveis para os ingredientes, alimentos e receitas do dia a dia, melhorando a qualidade de vida e incrementando o bem-estar.

Dentre esses produtos, muitos extratos em pós providos de flores, ervas ou mesmo frutas e sementes estão sendo alvos de procura constante, afinal, esses itens não apenas ajudam na saúde individual como são fáceis de adicionar nos pratos ou mesmo bebidas como chás e sucos, mantendo a qualidade de vida e o sabor de cada refeição.

O que muitos não sabem, porém, é que o uso de extratos secos pode provir de técnicas diferentes na indústria, algumas mais benéficas e vantajosas do que outras, como o Spray Drying e seus diferenciais para todos.

Para conhecer melhor esse método de produção, continue lendo e entenda como funciona todo o processo!

O que é Spray Drying?

De forma resumida, o Spray Drying nada mais é do que a secagem de substâncias por meio da suspensão dos itens e contato com gás quente, muito usada para produtos sensíveis como itens farmacêuticos ou alimentícios.

Esse processo é feito em equipamento específico que usa a atomização como foco da secagem, aplicando os agentes por meio de um bico de pulverização ou atomizador, responsáveis pela distribuição e pressão interna que resultam em pequenas partículas de pó do ingrediente ou item inserido no maquinário.

Todo o processo resulta em produtos em tablets ou cápsulas, sendo todas as etapas em um mesmo processo, sem precisar de vários equipamentos para moagens, por exemplo.

Há diferenciais com o uso dessa técnica?

O Spray Drying é vantajoso tanto para o produtor quanto para o cliente final, com pontos que diferenciam a técnica com benefícios como:

Produtor de ingredientes naturais

Além do processo de secagem ser feito em apenas um maquinário e, assim, ser muito mais escalável para a empresa, é possível modificar especificidades de acordo com o tipo de secagem e seguindo as características de cada partícula, como tamanho necessário, dispersibilidade e uma série de requisitos programados na hora.

Outro ponto é que o Spray Drying produz, em média, secagem de 1 kg de água por hora, aumentando o nível de elaboração dos produtos e qualificando o processo.

Consumidor final

Não apenas para o consumidor final, porém afetando-o diretamente, o Spray Drying mostra-se como um dos únicos métodos que mantém características originárias da planta ou ingrediente que passou pelo processo.

Além da cor, aroma e até mesmo gosto, o processo mantém ou aprimora os benefícios do consumo de tal alimento e as propriedades da fruta, flor e correlatos.

Todos esses pontos variam de acordo com o equipamento adquirido, a empresa provedora, o uso adequado e outros pontos relacionados, porém, o Spray Drying é cada vez mais recomendado para um resultado de qualidade e com diferenciais para todos.

Gostou das informações? Então assine nossa newsletter para aprender muito mais sobre o mundo dos ingredientes naturais!

Comentários